A gente era magro e não sabia

Achei essa foto no blog da Rúbia. Não lembro quem a tirou e nem sei pq cargas d’água estávamos todos dentro do banheiro. Isso foi em 1998, no primeiro ano de faculdade e quando éramos magros e muito mais bestas. 

banheiro_casper
Kid, Pavão, Mali, Fernando e eu.

Advertisements

Vídeos esquecidos II

A seguir mais dois vídeos. Agora, a festinha de aniversário do Kiko e um jantar na casa da Old Kent Road. 

Aniversário 1

Aniversário 2

Jantar 1

Jantar 2

 

Vídeos esquecidos

Final de semana passado fui pra casa dos meus pais, em Assis. Estava fuçando no computador da minha mãe quando encontrei alguns vídeos que nem lembrava de sua existência. São vídeos que eu fiz pouco antes de retornar da Inglaterra, em janeiro de 2004. Devo ter passado eles para o computador da minha mãe assim que eu cheguei, para liberar memória na minha máquina. E lá eles ficaram até agora.

Coloquei os vídeos no Youtube não só para compartilhá-los, mas tb para mantê-los em um lugar seguro. Levando em conta que o Google ( o Youtube foi comprado por eles) é uma das empresas que mais crescem no mundo, creio que os vídeos ficarão mais seguros em seus servidores do que em qualquer HD ou CD meu.

Aí vão alguns vídeos, depois coloco mais.

Tower Bridge e Belfast

Bath Terrace


Caixas

Voltei pouco depois das 23h30. Tinha ido encontrar um amigo de faculdade. Assim que cheguei em casa tratei de ficar descalço. Meu tênis, que ganhei do meu pai no Natal, estava me matando. Era mto apertado.Engraçado que quando o coloquei pela primeira vez não senti tanto incômodo. Parece que todo o desconforto veio hoje. Vou ter que trocá-lo. Ou vendê-lo pela metade do preço, sei lá.

Lembrei de procurar uma tabelinha do banco. É que hj em dia precisamos de uma ”tabela auxiliar” para fazer transferências on-line. O banco te manda a senha, o cartão e uma tabelinha com números e letras. Quando vc vai fazer uma transferência pela internet, o site pede um número ”X” que é mostrado na tabelinha. Daí vc tem que digitar esse número pra validar a transição. Tá, até aí tudo bem. Mas quem disse que eu achei a parada? Marcos, meu amigo, vc vai esperar um pouquinho mais pra receber sua grana. Devo e não nego. Quando puder, pagarei.

Enquanto procurava a tal tabela do banco, me deparei com duas caixas esquecidas em cima da minha estante de livros. Fazia tempo que eu não abria as caixas. Resolvi ver o que tinha dentro delas. Vai que os ”códigos perdidos do banco” estavam esquecidos lá.

Primeiro abri a caixa menor, feita de um papelão pardo e mais mole. Papéis, papéis e mais papéis. Tudo com datas de março de 2003 à janeiro 2004. Exatamente o tempo que eu morei em Londres. Anotações, passe de trem, carteira de motorista provisória… Ahhh.. números de telefones!!!! Achei o telefone do Thiago, um dos grandes amigos que eu fiz por lá. Vou ligar pra ele nesse final de semana, sem falta! Bilhetinhos… um diário de viagem!!! Melhor fechar a caixa.

Abri a caixa maior, de um papelão mais robusto com cores pastéis. Aaaaaaaafe…. Mais papel ainda. Mas agora, cartas. Cartas aos montes! Tinha até esquecido que elas existiam, visto o tanto de e-mails enviados diariamente. Por cima estavam as mais recentes. Nossa! Fotos! Fotos! Não sabia que tinha isso aqui! Agora chegaram as cartas mais ”antigas”. As aspas no ”antigas” foram pq algumas correspondências eram de 1999. Século passado, oras bolas! Entao eram velhas mesmo! Afeeee… vou tampar essa tb. Deixa isso aí, quietinho… do jeito que está.

Ás vezes, o súbito prazer me enche a alma ao ver as coisas do passado. Ironicamente, esse deleite é instantaneamente substituído por uma angústia, uma vontade de voltar a viver tudo aquilo de novo. Daí eu fecho os olhos e penso com carinho em tudo aquilo que vivi. Mas bem pouco, pra não machucar mto. Aí volto ao meu presente.

Melhor deixar as caixas lá, quietinhas. Mas se eu der falta de alguma coisa, sei aonde procurar.

Mais Fotos!!

muireada3ao_churrastenisMeninas no 1º encontro do 3ão. Em 1999 

sel_mar_turma_truco_guarujaSeeeeeeeeeeeeeeeeeeeis marreco!! Marcos e Tigrão x Birca e Cá. Eu e Lud de próximos. Isso foi no Guarujá… em 95? Não lembro…

Fotos das antigas

Vejam isso:

ludi_fer_sel_helo_rodoservLudi, Fer, eu e Hello no Rodoserv. Estávamos indo para SP com uma excursão da escola. Em 1995, eu acho. 

galera_excursao_spChegada em SP. Na Estação Ciência. 

badboys_excursaospBad Boys. Ainda em SP 

galera_quartomeninas_bonito96Isso foi em Bonito-MS. Em 1996. 

galera_campeao_bonito96Ainda em Bonito-MS.

Caixas

Voltei pouco depois das 23h30. Tinha ido encontrar um amigo de faculdade. Assim que cheguei em casa tratei de ficar descalço. Meu tênis, que ganhei do meu pai no Natal, estava me matando. Era mto apertado.Engraçado que quando o coloquei pela primeira vez não senti tanto incômodo. Parece que todo o desconforto veio hoje. Vou ter que trocá-lo. Ou vendê-lo pela metade do preço, sei lá.

Lembrei de procurar uma tabelinha do banco. É que hj em dia precisamos de uma ”tabela auxiliar” para fazer transferências on-line. O banco te manda a senha, o cartão e uma tabelinha com números e letras. Quando vc vai fazer uma transferência pela internet, o site pede um número ”X” que é mostrado na tabelinha. Daí vc tem que digitar esse número pra validar a transição. Tá, até aí tudo bem. Mas quem disse que eu achei a parada? Marcos, meu amigo, vc vai esperar um pouquinho mais pra receber sua grana. Devo e não nego. Quando puder, pagarei.

Enquanto procurava a tal tabela do banco, me deparei com duas caixas esquecidas em cima da minha estante de livros. Fazia tempo que eu não abria as caixas. Resolvi ver o que tinha dentro delas. Vai que os ”códigos perdidos do banco” estavam esquecidos lá.

Primeiro abri a caixa menor, feita de um papelão pardo e mais mole. Papéis, papéis e mais papéis. Tudo com datas de março de 2003 à janeiro 2004. Exatamente o tempo que eu morei em Londres. Anotações, passe de trem, carteira de motorista provisória… Ahhh.. números de telefones!!!! Achei o telefone do Thiago, um dos grandes amigos que eu fiz por lá. Vou ligar pra ele nesse final de semana, sem falta! Bilhetinhos… um diário de viagem!!! Melhor fechar a caixa.

Abri a caixa maior, de um papelão mais robusto com cores pastéis. Aaaaaaaafe…. Mais papel ainda. Mas agora, cartas. Cartas aos montes! Tinha até esquecido que elas existiam, visto o tanto de e-mails enviados diariamente. Por cima estavam as mais recentes. Nossa! Fotos! Fotos! Não sabia que tinha isso aqui! Agora chegaram as cartas mais ”antigas”. As aspas no ”antigas” foram pq algumas correspondências eram de 1999. Século passado, oras bolas! Entao eram velhas mesmo! Afeeee… vou tampar essa tb. Deixa isso aí, quietinho… do jeito que está.

Ás vezes, o súbito prazer me enche a alma ao ver as coisas do passado. Ironicamente, esse deleite é instantaneamente substituído por uma angústia, uma vontade de voltar a viver tudo aquilo de novo. Daí eu fecho os olhos e penso com carinho em tudo aquilo que vivi. Mas bem pouco, pra não machucar mto. Aí volto ao meu presente.

Melhor deixar as caixas lá, quietinhas. Mas se eu der falta de alguma coisa, sei aonde procurar.