Amigos

Esses dias estava pensando… Já notaram como são poucas as coisas em nossas vidas que podemos REALMENTE escolher?

Começamos pelo nosso nome. Se o cordão umbilical fosse como aqueles telefones feitos de barbante e latas de Pomarola, até poderíamos ter uma chance de “soprar” o nome que mais gostamos para nossas mães. Isso se a gente já nascesse falando, claro.

Quando crianças (e até parte da adolesência) nossas roupas também são impostas pelos nossos pais. Tá, tá… sei que existem pais e pais. Mas a grande maioria compra o que o ACHA que o filho quer usar. E os uniformes das escolas então? Tá pra existir um cara que fala: Não mãe! Pode deixar que hj eu vou colocar o uniforme pq ele é maneiro!

Estudamos e no final do 2º grau vamos tentar ingressar em uma Universidade. Abençoados são aqueles que conseguem, por vontade própria, escolherem o curso que desejam prestar. Feita e escolha, chega a hora do vestibular. Devido à insana concorrência somos obrigados a atirar pra tudo quanto é lado. E lá vamos nós de novo sendo escolhidos por uma instituição de ensino.

Ufa! Passamos! Estamos na Faculdade! Agora vamos atrás do primeiro estágio. Escolher? Nada disso. Novamente temos que ser escolhidos. E lá vai o primeiro bombardeio de currículo atrás da iniciação profissional.

Depois de muitas mesas de truco, cervejadas, festas e aulas de Antropologia, Comunicação Comparada, Mídia e Mercadologia nós finalmente nos formamos. E será que vamos ESCOLHER o primeiro emprego? Nananinanão. Lá se vai outro bombardeio de currículos atrás de um salário melhor do que de um estagiário.

Irmãos, pais, tios, primos. Isso, até onde eu sei, tb não se pode escolher. Simplesmente temos. Claro que podemos dar sorte de sermos grandes amigos qualquer parente (isso acontece comigo 🙂 )

Por nossas vidas passam escolas, roupas, faculdades, estágios, empregos. Mas são os amigos que sempre estão do nosso lado. Sabe pq? Pq estes sim nós podemos escolher. Se eles estiveram ao nosso lado pelo tempo que for, é pq houve um conscentimento de ambas partes. Ninguém impõe, fala ou sugere para vc ter amigos. Aí sim, simplesmente escolhemos.

Cada dia que passa vejo o quão sortudo eu sou vendo os amigos que Deus me deu. Algum deles estou vendo pouco, é verdade. Outros estão longe e há tempos não nos falamos. Mas não tem problema. Tenho certeza que cada vez que eu reencontrar um deles vou sentir que nossa amizade não mudou nada e vou poder contar com qualquer um deles SEMPRE que precisar. Afinal, amigo é pra essas coisas.

Advertisements

Olho no lance !!

No trem a caminho para Águas Calientes conhecemos uma família de brasileiros que tb estavam indo para Machu Picchu. NiltonSilvana e seus filhos Mônica Leandro saíram de Brusque-SC para encarar uma viagem pela América do Sul. Já haviam passado pela Argentina e Chile. Detalhe: estavam de carro (ou melhor, camionete)! 

mp01Essa foto foi tirada às vesperas de Machu Picchu. Estávamos em Águas Calientes tomando uma cervejinha. Afinal, ninguém é de ferro. 
Da esq. pra dir: Silvana, Monica, eu, Leandro e Brenno. 

Após atingirmos o ápice de nossa viagem, pegamos o trem e nos depedimos de Águas Calientes. 

mp02Essa foto foi tirada assim que chegamos em Ollantaytambo.
Da esq. pra dir: Leandro, Pedro, Glória, Brenno, eu, Diego, Monica e Silvana.

Corneta Esportiva

Acho que ainda não comentei sobre o Corneta Esportiva.
Trata-se de um blog sobre esportes em geral que foi inicialmente criado pelo Diego. Hj o Corneta tem colaborações semanais de mais de 5 pessoas e a cada dia está ficando melhor. Vale a pena conferir!

Amigos da Cásper

Sexta passada encontrei uns amigos da faculdade. Eu, Ricardo, Safada, Rúbia, Pavão, Fernando e Dani enchemos a lata no nosso tradicional ponto de encontro: o Pier Paulista.

Fazia tempo que eu não me divertia tanto numa mesa de bar. É meio difícil explicar pra quem não conhece essa turma, mas a capacidade de fazer piadas de povo é algo absurdo. Achei que depois que voltei da Inglaterra todos estariam pelo menos um pouco mais sérios. Ledo engano. A turma continua como antigamente, ou pior.

Ah! Por falar em amigos, vcs não podem deixar de ver o mais novo desenho animado da MTV, a Megaliga de Vj’s Paladinos. O responsável pelos desenhos e animações é o Pavão. O enredo das tramas não é dele, mas depois de uma conversa sobre o andamento do projeto da Megaliga confessou pra mim que, sempre que dá, ele coloca umas piadinhas de própria autoria.

http://www.mtv.com.br/prog/megaliga/